DIEGO MORENO ESCALONA,

O SAN DIEGO !

 

 

Granada, Espanha, 14 de julho de 1935 ! Nascia o garoto Diego Escalona !

Logo, foi morar em Malaga, e lá , desde muito cedo começou a viver em meio às motocicletas e Lambrettas ! Seu pai , Francisco Moreno, tinha uma oficina mecânica, que entre outras coisa, recuperava motos antigas, e contava com a ajuda do filho, que logo mostrou aptidão pelo ofício !

Ainda muito novo, Diego já andava com suas motos, Excelsior 125, Montesa Brio 90, e outras !!

No final de 1954, sua família vem de mudança para o Brasil, mais precisamente, para São Paulo, e já em 1955, Diego vai juntamente com seu pai, trabalhar na Lambretta do Brasil .

No início de 1958, seu pai sai da Lambretta, e vai abrir sua própria oficina , a Moto Moreno, na R. do Oratório, zona Leste de S. Paulo... pouco depois , é a vez de Diego ir trabalhar novamente com seu pai !


Diego ( 2º da dir., encostado no balcão) na Moto Moreno. Seu pai, está no centro, atrás do balcão.

Como o motociclismo corria em suas veias, e com total apoio do seu pai e da família, Diego realiza seu grande sonho !  Começa a disputar corridas de motocicleta !

Sua primeira corrida, foi no circuito de rua no Parque do Ibirapuera, em 1958, pilotando uma Monark 150 ! Resultado ...  um senhor tombaço !!

Mas isso não o desanimou, e continuou a correr !


Diego com sua Monark 125  , já em Interlagos, em 1958

Com as importações fechadas, a moda no país eram as motonetas ! As competições agora também eram com as motonetas , pois tinha o apoio oficial da Lambretta do Brasil !

Em 1959, Diego competia nas várias provas em Interlagos ! Teve algumas vitórias , mas a mais importante foi a dos  200 Quilometros de Interlagos, em 5 de novembro de 1959 , de motonetas !


Uma das vitórias de 1959 (Interlagos)


Diego ao lado de Felipe Carmona ! (1959)

Mas no ano de 1960, Diego conseguiu um fato que até hoje está em destaque no Centauro Motor Clube ! Simplesmente venceu todas as corridas que participou !

Foi campeão Paulista , levantou o Bi-campeonato nos 200 Quilometros de Interlagos e venceu as 6 Horas de Motonetas !!


Diego nas 6 Horas de Interlagos, 1960 ! Vitória !!


200 Kms de Interlagos, 1960 ! Só deu vitória nesse ano !!

A equipe Moto Moreno, chefiada por Francisco Moreno, se destacava com seu arrojado piloto !

A esta altura, a Moto Moreno já existia também em mais dois endereços em S. Paulo, com uma unidade na Av. Sto Amaro (Zona Sul) e mais uma na Av. Celso Garcia (Zona Leste) !

Em 1962, fecham as unidades da R. Oratório e Sto. Amaro, ficando apenas na Celso Garcia.  Em 1964 passam para a R. Vilela, que fica bem próximo à Av. Celso Garcia, onde permanecem até hoje, mas  de propriedade de seu irmão, o Paco, a Paco´s Moto.

Nos anos de 1962 e 1963 Diego disputas muitas provas e vai colecionando vitórias !


Mais vitórias !  Interlagos 1963

No ano de 1964, a Lambretta retira-se oficialmente das competições, e isso reflete no motociclsmo de maneira geral.  As competições praticamente acabam ! O motociclismo "dorme" por quase 4 anos !

Em 1966, Diego se casa,  e continua a trabalhar com seu pai, na Moto Moreno ! 

Em 1969, abre sua própria oficina, a Moto Spa, na Av. Serra de Araraquara, também na Zona Leste de S. Paulo.


Moto Spa. Revendedor autorizado Suzuki !

A partir de final de 1970 e começo de 1971, Diego monta a Equipe Spa,  que tem como pilotos, Nivanor Bernardi e Paulo "Paulé" Salvallagio, entre outros !  


Equipe Moto Spa. Diego (agachado à dir.) e Paulé (em pé à esq.)

Sempre com a preparação de Diego, a Moto Spa, destaca-se também no motocross em 1971 e 1972 !

Diego também participa de alguma provas de velocidade, no Paulista,  pilotando uma Yamaha TD 1.

Em 1973, Diego "adota" o menino Paulo Sergio Castroviejo , que vivia "rachando" nas ruas e prepara uma cinquentinha "canhão" para ele competir !


Paulinho Castroviejo com sua cinquentinha "canhão" !! 

Em 1974, Diego disputa as 24 horas de Interlagos, em dupla com Elias Trujillo, com uma Suzuki GT 380, chegando em 11º lugar.  Seu Irmão, Francisco Moreno Jr, o Paco, disputa também pela Equipe Moto Spa, em dupla com Vincenzo Cusumano, de RD 350.


Diego Moreno nas 24 Horas de Interlagos de 1974

Em 1975, a Equipe Moto Spa, com a preparação de Diego, disputa a 500 milhas de Interlagos, com uma Suzuki 500, pilotada por Castroviejo em dupla com Índio (Marcos Tadeu Clemente), ficando em 3º lugar !

Diego também disputa algumas provas do Campeonato Paulista !


Diego preparando a Suzuki 500 !!  Muitas "traquinagens"... segredos !!

Em 1976, muda sua loja / oficina para a Av. Pompéia (Zona Oeste) e dá o nome de San Diego !  Nesse ano, Diego corre as 500 Milhas de Interlagos, e mais algumas provas do Campeonato Paulista , e despede-se oficialmente da pilotagem, dedicando-se exclusivamente à parte técnica e mecânica da equipe ! 


Diego (nº 26) nas 500 Milhas de Interlagos em 1976

A Equipe passa a se chamar San Diego, e nos anos de 76, 77 e 78, fica com o tri-vice-campeonato com Paulinho pilotando uma Suzuki 500 .

No ano de 1977, Diego prepara um pequeno foguete, ou seja um ciclomotor, para disputar a recém criada categoria, para ser pilotado por seu filho, José Escalona !


José Escalona e seu pequeno "foguete" preparado pelo pai !

Foi um verdadeiro sucesso !  O menino , conhecido como Zézinho,  "barbarizava" em Interlagos, não dando chance pra ninguém !  Resultado ... Foi tri-campeão da categoria, em 77, 78 e 79 !  

Também em 79, a Equipe San Diego foi campeã com Castroviejo de Suzuki 500 !


Mais uma vitória de José Escalona , o Zezinho!

Em 1979, Diego vai à Le Mans, como preparador da moto da dupla Denísio Casarini e Antonio Bernardo, disputar o Bol d´ Or !!

 Em 1980 , Diego prepara uma Ducati 900 com kit para 940 cc, e Castroviejo obtém várias vitórias. Prepara também uma Honda 750 e uma Yamaha TZ 350, também com sucesso nas pistas , sempre com Castroviejo! 


Castroviejo e a Ducati 940 preparada por Diego !

Por 6 anos, Diego foi integrante da Comissão Técnica da Confederação Brasileira de Motociclismo , que estabelecia os regulamentos de todas as competições no Brasil !  Faziam parte também, Gualtiero Tognochi e Tanigawa.

Diego participou das competições até 1983, quando deixou as pistas definitivamente para se dedicar exclusivamente aos negócios.

Embora afastado, Diego continua acompanhando as competições !

Hoje , a San Diego está muito bem instalada na R. Min. Ferreira Alves, no bairro da Pompéia, próximo ao antigo endereço, e Diego permanece à frente da oficina, trabalhando juntamente com seu filho, que atua mais na parte comercial. 


Ótimas instalações !


Pai e filho trabalhando juntos ! Tradição de família !

Quem gosta de motos dos anos 70, não pode deixar de fazer uma visita à San Diego, pois lá existem várias raridades !!



São mais de 50 anos de motociclismo !  Todos os pilotos que correram com motos preparadas por ele, tiveram muitas vitórias e títulos !!

Diego conhece os segredos das motocicletas como ninguém !  Mostrou ao longo dos anos, competência como piloto e profundo conhecedor de mecânica !!

Diego é uma pessoa gentil , atenciosa e simpática que nos recebeu prontamente e pacientemente !

E ,  na área técnica, à frente de sua oficina, conhecemos um excelente profissional !!

... E , aos motociclistas, dou um conselho ...  espero, que algum dia,  você ... " caia nas mãos do Diego " !!

 

Valeu Diego Moreno Escalona ! ...  Olé !!!

 

Por Ricardo Pupo.

 Se você quiser, faça seus comentários sobre essa matéria !

Comentários:


Nome:   E- Mail:

Comentários dos Internautas:

Achei excelente essa reportagem, coincidentemente ontem fui ao sebo e comprei uma revista de moto de 1978 em que diego dava dicas de preparação da mobilete voadora, para ver se alguem conseguia chegar perto do seu filho pois esta sem graça vencer todas provas...( pergunte a ele se ainda lembra da reportagem)
se possivel gostaria que ele desse dicas sobre preparação de motores 2 tempos atuais(taxa compresão, transferencias escapamento), pois participo de competições em veloterra. 
Fabio Groh
ccaabnu@terra.com.br (Quinta Feira, 15 de Agosto de 2002, às 21:59:23)

N.R. - Sugerimos que você entre em contato diretamente com o Diego Escalona, na San Diego.


Quem frequentou Inerlagos nos anos 70, certamente conheceu ou ouviu falar do Diego que preparava as motos que o Castroviejo correu e não podemos esquecer de falar do seu irmão Paco Moreno, tambem grande preparador que fez grandes campeões.
Othon Voador Russo
(othonrusso@yahoo.com.br) Quinta Feira, 11 de Agosto de 2005, às 03:20:13


Diego, Excelente!
Grato
Ari Bueno de Camargo
(bgfcontadores@uol.com.br) Domingo, 19 de Novembro de 2006, às 20:11:30


ótima matéria pois lembro com saudades quando via os anuncios, da San Diego nas revistas Duas Rodas de 78, que dizia "Suzuki é na San Diego" ... eta saudade  valeu
Diorgenes
(diovr2003@yahoo.com.br) Quinta Feira, 4 de Janeiro de 2007, às 21:37:37


SINCERAMENTE PARABENS, PELO SONHO, PELA VONTADE E GARRA EMPENHADAS NESTA QUE É A GRANDE SAN DIEGO MOTOS, SOU UM GRANDE FÃ, E VISITO FREQUENTEMENTE ESTE SITE, SOMENTE PARA VER AS PRECIOSIDADES QUE AINDA ME ALEGRAM MUITO, COMO AS SUZUKIS ANTIGAS, UM ABRAÇO.
LUIS CARLOS MESOJEDOVAS
(super_loizz@hotmail.com) Terça Feira, 10 de Abril de 2007, às 17:29:56


Ainda tenho uma Suziki GT 250 ano 1974, com 30 mil quilometros originais. Essa moto foi comprada 0 Km, do Diego em 1974 na  sua loja na Radial leste SP (viaduto Gualadajara) eta saudade - logo logo visitarei o Diego em sua loja.

nome: José Augusto Rossener
(jrossener@hotmail.com) Quarta Feira, 28 de Novembro de 2007, às 18:52:35


Sinceramente, acabei encontrando este artigo na internet e me lembrei da minha infância, onde eu corria com mini cross feitas com Garellis geralmente sucateadas, recuperadas e transformadas para a corrida. As motos não tinham o desempenho das Brandys, eram mais pesadas, os peneus mais escorregadios, mas foi uma boa e feliz época. Fiquei muito feliz em poder ler esta história que é a história de todo apaixonado por duas rodas.

nome: Ronaldo Basso Scalco
(ronaldoscalco@gmail.com) Sábado, 29 de Dezembro de 2007, às 14:38:18


cara, quem tem paixao por moto se emociona ao ler essa materia. obrigado por me proporcinarem essa alegria. é um orgulho ter um cara desse no Brasil. Diego sou seu fã

nome: Rodrigo Tornado
(rodrigope100@hotmail.com) Sexta Feira, 28 de Março de 2008, às 10:02:43


Quando comprei a minha primeira motocicleta, no ano de 1979, foi na Sandiego. Uma Suzuki 350-71. Achei a coisa mais maravilhosa do planeta. Passei a vida ( 29 anos) admirando motos. Nunca mais parei de andar e jamais esqueci os prazeres de conviver ali na oficina do Diego. Conheci o Paulinho Castroviejo de saudosa memória, o garoto Zezinho e sempre o Diego a frente de tudo. Oficina, negócios, preparação e conselhos. Subi de categoria e obtive uma GT 750, junto com meu amigo e colega Wilson Leão Jr (o Alemão) que tb tinha uma GT 750. Passava na AV pompeia mais recentemente e não vi mais a San Diego, pois moro fora de SP (400km) há 27 anos. Tive uma pane na minha moto atual, uma ZX11, na Av. Francisco Matarazzo e... fui socorrido pela Pick-up da Oficina San Diego...Foi um prazer IMENSO rever o Diego o Mauro  Zezinho e algumas GT 750 - 550- 380- as outras reliquias e poder conversar novamente com todos. O Diego, de memória prodigiosa, lembra de algumas ocorrencias da época, das quais participamos juntos, mesmo após tantos anos de desencontros. grande abraço a todos da San diego e aos amigos motociclistas.

nome: KIKO
(f.almeida.real@gail.com) Terça Feira, 1 de Abril de 2008, às 17:11:44


o motor da minha suzuki gt 380 ano 1974 foi feito inteiro na san diego.

nome: sandoval cabrini
(sandovalcabrini@hotmail.com) Sábado, 3 de Maio de 2008, às 14:28:15


PARABENS

nome: Ricardo
(ricam10@hotmail.com) Quinta Feira, 8 de Maio de 2008, às 10:18:59


Parabéns pela reportagem, principalmente no final "caia nas mãos do Diego". Eu caí nas mãos do Diego e além de encontrar um super profissional que sabe TUDO de moto, encontrei um amigo. Tenho certeza de que não estaria aproveitando tanto a moto hoje se não tivesse caído nas mãos do Diego, quando ele há muitos anos atrás me ligou e disse: "pode vir buscar sua moto que já está lavada e pronta" e quando respondi que deveria ser algum engano porque não tinha moto nenhuma ele respondeu: "Não há engano nenhum voce não tinha moto, mas agora tem, pode vir buscar" E eu fui e não fiquei mais sem moto.
Obrigado Diego. Um abraço de seu amigo,

nome: Romeu Hornos
(romeu@wps-sa.com.br) Quinta Feira, 21 de Agosto de 2008, às 19:30:46


queria saber se alguem lembra da lambreta servis de S.Paolo no 1962/63 que tambem tinha uma 175cc da competiçao em iterlagos obrigado
Luigi
luigilaro@hotmail.it


EI DIEGUITO!! NO TE OLVIDES, SOY YO, FACURI...USTED ÉS EL MEJOR MENESTREL MECANICO DEL MUNDO...BESOS
 LUIS CARLOS FACURI
 lcfacuri@hotmail.com


Brilhante matéria ! Mostrando muita garra,"competitismo"e coragem. Parabéns pelo sucesso! Gostaria que Alexandre Barros também desse uma olhadinha.
Ricardo Alexandre de Sousa
 sumo2008@terra.com;br


Bela Matéria! Tive hoje o grande prazer de receber esse personagem Diego Escalona com alguns amigos do RJ em visita ao Museu Duas Rodas. Todos apaixonados e com muitas histórias. San Diego além de sua simpatia é um profundo conhecedor! Observando aqui os modelos expostos fez belos comentários! Revelando uma memória minuciosa! Todos nós revivemos momentos especiais citando outros personagens que compartilharam essas antigas lembranças. Foi uma tarde ótima! Obrigado Diego e aos amigos que o acompanhavam. Qualquer dia desses farei uma visita a sua loja. Grande abraço Robson Pauli
email = museuduasrodas@yahoo.com.br
nome = Robson Pauli


Cara eu vivo resgatando historias feito esta e coloco no jornal da minha cidade são hitórias muito bonitas muitos vezes feitas de suor, sangue e lagrimas, ai eu venho humildemente pedir permição para publicala no meu jornal da minha cidade aqui no Rio Grande do Sul. Um grande abraço ao irmão.
email = jornalcidaders@hotmail.com
nome = Regis Rataescki


olá Diego, estava navegando na net quando encontrei esta linda reportagem em seu nome. Adorei a reportagem que mais parece uma homenagem ! Diego, eu já tive o prazer de trabalhar com a sua equipe... eu sou o Ari, o senhor me chamava de Guerino, lembra? Eu dei muitas cabeçadas mas agora estou voltando a mexer com motos novamente. um grande abraço.
email = aurenildosantos@uol.com.br
nome = aurenildo alves dos santos


Fiz minha honda 750 K1 com o Sr. Diego... e seu filho Zé... os dois são realmente parte da historia e conhecendo-os desde pequeno em sua loja da Pompéia posso falar com propriedade que ninguem entende melhor de classicas que eles... se ninguem sabe, o Sr. Diego ensina.... abraços...
email = rebeltattoo@gmail.com
nome = André Ramires


Os conheço desde outros tempos e acompanhei o Zezinho em suas jornadas em Interlagos e garanto, ví várias vezes a vitória do Zezinho com o toque de sempre na envenenada moto pelo seu Pai - Ótimas lembranças e realmente ELES CONHECEM!!!!!
email = ricardotucca@hotmail.com
nome = Ricardo


materia muito bacana, e é muito bonito de ver desde onde vem a história de onde saiu o "San Diego" e mais bonito ainda ver a união de pai para filho...meus parabens e que continue assim de geração em geração
email = nunessan@yahoo.com.br
nome = sandro n.


TAMBÉM SOU APAIXONADO POR SUZUKI E POSSUO UMA GT 750 ANO 74 QUE FOI SUA.
email = carecapeixoto@yahoo.com.br
nome = Carlos Peixoto


Na 1a. vez que fui ao Rio Grande do sul de moto, desde o Rio, o cabo do acelerador quebrou ainda na Av. Brasil. Como era domingo, tirei a porca do alicate do estojo da Honda 350cc, e prendi o cabo entre as duas partes do alicate, formando um "T" e de guidão manks, toquei até São Bernardo, onde um senhor dono de uma lavanderia, que tinha uma jawa vermelha, colocou um cabo só para eu chegar em São Paulo/SP, onde os moleques das motos, me levaram até a SPA Motos, dormi na casa dos guris e de manhã, peguei a moto e segui viagem. Quase chegando a Guaporé/RS, tomei uma vaca, e fiquei com um cotoco de pedal de marcha, e sem manete de embreagem, e com o quadril sangrando fiz mais uns 100 kms até meu destino. Na volta botei a moto na carroceria de um caminhão e de volta a São Paulo, capital, deixei minha moto na SPA Motos, e voltei lá após um mês. Com ela consertada, desci para o Rio. Eram outros tempos, quando a gente podia fazer isto.
email = Ricartso@yahoo.com.br
nome = Ricardo Castro


Este "garoto" com cara e jeito de senhor, foi e ainda é a minha maior referência na mecanica de motocicletas. Graças a sua paciência ele soube me transmitir parte do seu conhecimento e hoje todas as minhas realizações na mecanica são espelhadas no seu bom senso. Seu Diego, um grande abraço Magrão das Perdizes.
email = snakesp@live.com
nome = Claudio Alves


eu, como amigo de diego, que tambem ando de motos desde os anos de 1975, ele sempre foi um grando mecanico e amigos de todos os motoqueiros, essa materia foi muito boa, mas ele merecia muito mais, por ser umas das primeiras famlias a fazer conpetiçoes de motos no brasil
email = julinhomultimarcas@hotmail.com
nome = julio


qual o telefone da San Diego??? preciso do reparo do freio (burrinho) da suzuki 250 gt ano 1974.
email = aedsilva@com4.com.br
nome = Alebiades

O telefone da San Diego é 11-3872-2099.
Ricardo Pupo


Parabéns,honrosa história viva!!!
email = dezorziza@terra.com.br
nome = Luiz De Zorzi


Parabens pela sua História Diegotumtumtum
email = H.martinez46@hotmail.com
nome = Henrique M. Martinez                                        08/08/2011


sou apaixonado por tudo q possui 2 ou 4 rodas com mais de 30 anos. ja tive 1 puma e1 maverick v8 atualmente tenho uma lambreta e 1 mobilet caloi tanq quadrado ! preciso de dicas de como deixar o motor da lambreta mais forte . será que voces podem me ajudar obrigado
email = andersonnostalgiav8@hotmail.com.br
nome = anderson muller                                                 15/08/2011


Ao saber que minha xt660r vai ser reformda nesta oficina já fico arrepiado e me sinto como se estivesse aguardando o sinal de largada! É uma honra ter uma moto que passou pelas mãos de um campeão.
email = shetachhefker@gmail.com
nome = Misael Torquez                                                    02/09/2011


Com grande alegria no coração, revi muitos dos paulistas que sempre serão a referencia dos motociclistas da década de 1970. Jamais vou esquecer o que as Suzukis 250 TJ, faziam no Alto da Boa Vista, naqueles pégas alucinados que mataram muitos, mas fizeram a alegria de tantos outros, nestes eu me incluo. O meu maior prazer foi relembrar o que estes paulistas representavam para nós cariocas. A todos meu abraço e eterna admiração pelas belas maquinas e pelos excelentes pilotos que voces produziram para o mundo. Atualmente já estou com 58 anos e muito recentemente comprei uma honda Hornet 600 F, que béla maquina, e que prazer pilota-la na estrada e poder acelerar um pouco mais com um motor stand. É realmente muito desenvolvimento em um tempo relativamente tão curto.
email = chicolauer@yahoo.com.br
nome = alemão                                                        08/12/2011


Bacana e merecida a reportagem sobre o Diego... Fui várias vezes com Castroviejo à loja dele. Uma pessoa extremamente simpática e atenciosa.
email = romem22@hotmail.com
nome = Rosana                                                        26/01/2012


Boa tarde, amigo parabéns pela trajetoria de sua loja e por favor caso o senhor tenha algumas fotos das corridas de ciclomotores de 1977 eu gostaria muito de apreciar pois eu participei de algumas corridas com uma mobillete n2 por favor caso o senhor tenha algumas fotos de podium eu estou nelas e tem como o senhor me passar por e-mail?? muito obrigado
email = ksayao@hotmail.com
nome = kiko sayao                                                10/04/2012


Belíssima materia , eu sou um privilegiado pois participei desta época e corria de Ciclomotor com o filho dele e realmente a San Diego era temida pela outras equipes. Muito bom, tenho filmes da época em Super 8 que meu pai filmava minhas corridas, parabéns pela materia e pela historia deste cara muito legal .
email = alexandrevera16@hotmail.com
nome = Alexandre Vera                                            31/07/2012


¨Sou Fanática por motocicletas¨  Eu sei como todas as vitórias dos que gostam do modelismo Moto Velocidade foram tecidos com árduo trabalho, porque muitas vezes observei cada peça levantada para uma montagem, e em cada movimento das mãos e pés para os testes, o empenho da equipe, para uma geração de jovens que deve aprender como manusear a velocidade com destreza e atitude.Agradeço aos amigos do Moto Asa , Moto Spa, Paco´s Moto.
email = artclub@ig.com.br
nome = Maria Aparecida Marcellino                                        17/10/2012


olha que pena eu vendí a moto Suzuki rv 90 é uma muita ótima é gostoso dirigir na praia e na estrada de terra parabéns, sim eu vou voltar a moto Suzuki
email = raine_ana@hotmail.com
nome = rainer b. m. gietzel                                    10/06/2013


que história incrivel que acabei de ler sobre o DIEGO M. ESCALONA e sua famíla de racer's motocas merece um documentário no Discovey Turbo fica aqui meu grande abraço. Ramires - Maringá pR
email = ramirestst@hotmail.com
nome = Ronaldo Ramires                                        15/08/2013